1

Comunicação Assertiva: O que é e como ela funciona

7 minutos para ler
admin
Por Marketing

Você sabe o que é uma comunicação assertiva e porque este é um método eficaz para a resolução de problemas de comunicação nas empresas?

Provavelmente, você respondeu à questão acima dizendo que se trata de uma comunicação feita de forma direta, sem rodeios e sem erros, e por isso ela é tão eficaz, não é mesmo?

Em partes sim, sua resposta está correta. Mas a comunicação assertiva não está relacionada diretamente com o conceito de certo ou errado.

A comunicação assertiva está mais relacionada ao conceito de uma comunicação que é feita de forma clara, segura e que não causa dúvidas no receptor.

Ou seja, você pode até se comunicar com uma mensagem correta. Porém, isso não quer dizer que o seu público vai entender completamente ou não terá dúvidas.

Neste artigo, você vai conhecer o que é comunicação assertiva e como ela atua, na melhoria dos processos de comunicação de uma empresa. Confira!

O que é a comunicação assertiva

A comunicação assertiva é o método de transmitir informações, colocando em prática a habilidade que um profissional tem em se comunicar e se relacionar com os o seu público, de forma que consiga conquistar a colaboração e atenção de todos.

Quando falamos em comunicação assertiva, estamos falando da mensagem que é transmitida com segurança e posicionamento.

Porém, esse conceito, ao ser explicado, acaba causando confusão no entendimento de algumas pessoas que associam a assertividade com a agressividade.

Pois, quando é exigido que o profissional seja assertivo, ele pode ser ríspido ao se comunicar. O que é totalmente diferente do verdadeiro conceito de assertividade.

O bom comunicador é alguém que de forma assertiva consegue passar as suas ideias. Não só por meio das palavras, mas também com gestos, com firmeza e respeito. Sem que para isso, seja preciso causar conflitos, desentendimentos ou mesmo ser agressivo na forma de se comunicar.

A comunicação é assertiva quando é feita de forma clara e não causa ruídosou dúvidas no receptor. Mas quem se comunica também deve ouvir atentamente e se manter calmo, enquanto o outro fala.

Assim, será possível criar um canal de comunicação eficiente entre quem transmite a mensagem e quem a está recebendo.

Você conhece a diferença entre ser assertivo, passivo ou agressivo? Este ótimo vídeo do canal Minutos Psíquicos explica e diferencia estes modos de comunicação:

Os benefícios da comunicação assertiva no ambiente de trabalho

As falhas de comunicação, muito comuns no ambiente empresarial, estão entre os problemas que mais causam erros de execução, gerando a necessidade de retrabalho e desgastes entre as equipes.

Quando a informação não é transmitida com clareza, os alinhamentos, processos e demandas geralmente não são realizados de forma correta.

Com isso, os resultados da empresa não são alcançados e recursos são desperdiçados.

Desta forma, ao praticar a comunicação assertiva no ambiente profissional, os colegas de trabalho podem até discordar uns dos outros.

Mas isso, sem que seu posicionamento cause constrangimento ou insatisfação aos demais.

Veja também: Gerenciamento de crise: conheça boas práticas para aplicar em sua empresa

Como funciona este tipo de comunicação

Para ser eficiente de fato, a comunicação assertiva exige que o profissional vá direto ao ponto, sem rodeios. Chegando ao conteúdo central de forma objetiva.

Antes de tocar em um assunto delicado, como um aumento de salário, por exemplo, o colaborador não pode direcionar a conversa para outro tema.

Pois, com isso, ele irá perder a oportunidade de falar sobre o que precisa. Se envolvendo em outro tema e demorando muito mais tempo do que o necessário.

A comunicação assertiva deve ser aplicada para atingir objetivos específicos de uma organização ou departamento, sendo utilizada em situações específicas para garantir a boa execução das tarefas.

A utilização de uma comunicação assertiva também é a principal arma que uma empresa têm à disposição, para remediar conflitos, corrigir problemas e motivar equipes.

Para conquistar isso, no ambiente de trabalho, o gestor deve saber se comunicar, sendo direto ao dar um feedback para os colaboradores, sendo didático ao apontar eventuais erros e o que deve ser melhorado, podendo até mesmo sugerir uma alternativa.

Ao mesmo tempo, ele pode finalizar sua comunicação dizendo que confia no trabalho do colaborador e acredita que ele pode entregar algo melhor ou correto.

Assim, o gestor irá evitar o conflito, pois não estará apontando um erro ou acusando o colaborador. Mas sim, explicando que o trabalho não foi executado como o esperado, oferecendo uma solução e, ao mesmo tempo, reforçando a confiança que tem no trabalho dele.

O ganho é uma equipe mais coesa e um ambiente de trabalho com profissionais mais motivados.

Como desenvolver a comunicação assertiva

A comunicação assertiva é uma técnica que precisa ser treinada e desenvolvida.

Algumas pessoas têm mais habilidades naturais para lidar com ela do que outra. Mas, com a rotina diária de trabalho, se não for aperfeiçoada, a comunicação pode cair no “modo automático”, sendo levada para um outro caminho.

Você pode desenvolver a sua comunicação assertiva diariamente, para isso algumas práticas são fundamentais:

A começar pela capacitação

Toda a empresa busca habilidades comportamentais específicas em seus colaboradores e é importante saber qual é a expectativa em relação ao seu perfil.

Analise os seus pontos fortes e os pontos de melhoria para se desenvolver dentro da função que exerce ou pretende exercer na empresa.

Procure falar apenas sobre o que você tem total conhecimento

Na comunicação assertiva, o profissional deve transmitir segurança enquanto fala.

Falar sobre algo que não se tem conhecimento pode te deixar inseguro e não transmitir confiança na hora de argumentar.

Não deixe que a sua mensagem gere dupla interpretação.

Defenda o seu ponto de vista com argumentos claros e objetivos, evite dar voltas e procure ir direto ao ponto.

Estabeleça relações de confiança entre os profissionais que trabalham com você

Seja leal, respeite e promova o equilíbrio entre os seus interesses e os interesses daqueles que fazem parte da empresa e tenha um discurso sempre alinhado com os objetivos da organização.

Ter atitudes positivas e proativas vão estimular que os demais tenham as mesmas atitudes.

Dessa forma, sempre que precisar se comunicar com os parceiros de trabalho, a recepção será mais aberta e solícita.

A comunicação assertiva está diretamente ligada com a eficiência com que uma mensagem é transmitida e compreendida.

Este é um gargalo desafiador para muitas empresas. Afinal, a comunicação interna é um fator que se envolve com várias funções, dentro do ambiente corporativo.

Para continuar a aprender e desenvolver suas habilidades neste campo da comunicação, a nossa recomendação é que, agora, você leia o artigo sobre Comunicação Empresarial e Corporativa, para entender como desenvolver este processo, dentro de sua empresa.