1

Curso para palestrante: Tudo o que você precisa saber

11 minutos para ler
admin
Por Marketing

“Vale a pena fazer um curso para palestrante ?” Essa é uma dúvida que vive na mente de vários empresários e profissionais liberais. Afinal, muitas pessoas começaram a enxergar as possibilidades que a carreira de palestrante oferece, já que a remuneração pela participação em um único evento pode equivaler ao salário de todo um mês de trabalho.

Nós da Smartalk sabemos que uma boa performance no palco se aprende e que a a arte de palestrar vai muito além do domínio de um conteúdo.

Pensando nisso, defendemos que a carreira de palestrante pode ser desenvolvida, como qualquer outra: um bom curso pode ajudar você a dominar o palco e a inserir-se em um mercado muito promissor. 

Ficou interessado no assunto? Confira este artigo!

O conteúdo diferenciado

Palestrar não significa pegar um microfone e falar o que vem à mente ou somente o que foi pedido pelo cliente (embora isso possa acontecer algumas vezes). Para se destacar no mercado, o palestrante deve ter conteúdo relevante, inédito ou com abordagem diferenciada.

O público precisa sair do evento com a sensação de que ganhou conhecimento.

Para alcançar esse nível de apresentação, o palestrante precisa se especializar, além de estar atualizado em relação às práticas recentes da sua área de atuação.

Por que a performance é essencial

Além de ter propriedade sobre o tema palestrado, saber performar é essencial. Muitas vezes não nos lembramos do conteúdo ministrado, mas é difícil esquecer a famosa “presença de palco” de quem sabe o que faz.

Steve Jobs, por exemplo, era famoso por transformar os lançamentos da Apple em verdadeiros espetáculos. Ele conseguia prender a atenção e manter o engajamento do público. 

Afinal, nada mais chato do que uma plateia desinteressada, não é mesmo? Pior ainda, imagine o efeito do boca a boca após uma palestra monótona e entediante? Se a intenção era captar a atenção do público e vender um produto, já era!

Por isso, aí vai a primeira dica: a boa performance é resultado de domínio da oratória e do palco. Quer saber o que isso significa na prática?

O dom da oratória se conquista

O famoso “dom” da oratória não é uma característica inata do ser humano. Ao contrário, a oratória é um conjunto de habilidades desenvolvidas e, portanto, precisa ser aprimorada.

É claro que existem pessoas com mais facilidade para falar em público, mas uma boa presença de palco envolve diversos aspectos que são o resultado da linguagem verbal e da corporal.

A primeira envolve a fala em si, os aspectos linguísticos. A segunda engloba as expressões faciais, a postura, os gestos, o uso da voz, o caminhar… Tudo aquilo que não é dito. Em ambos os casos, são elementos que melhoram com a prática e o treino.

A ajuda do curso para palestrante

Talvez você conheça professores que dominam bastante uma disciplina, mas não conseguem transmitir conteúdo para os seus estudantes. No mundo das palestras, também pode ocorrer o mesmo.

Afinal, ter material relevante para expor para a plateia não é sinônimo de saber fazer uma boa apresentação. Um curso para palestrante é útil para ensinar diversas técnicas, como:

  • postura;
  • modo de falar;
  • pausas;
  • interação com o público;
  • gatilhos mentais;
  • entre outros.

Quem assiste a uma palestra de alguém de renome muitas vezes acha que a pessoa tem o dom para falar em público. Isso até pode ocorrer, porém, em grande parte das vezes, o palestrante se preparou bastante para a apresentação.

Por exemplo: alguns oradores têm o costume de descer do palco, andar pelo corredor e tocar em alguém ou interagir com as pessoas da plateia. Esse ato pode parecer sem importância, mas em vários casos faz parte de uma técnica para manter a atenção do público.

O curso para palestrante também pode ajudar o profissional a combinar fala, imagem e pausa. Talvez você já tenha visto alguém que só lia os slides e raramente olhava para o público durante uma exposição.

Em casos assim, por mais que o conteúdo seja interessante, a apresentação pode ficar cansativa.

Além disso, também é preciso saber escolher imagens relevantes, que tragam alguma mensagem e que não sejam meramente ilustrativas. Na questão da fala, mudar o tom da voz para passar ênfase ou evitar a monotonia, por exemplo, é essencial.

As habilidades necessárias

Para ser um palestrante requisitado, o profissional deve ter algumas habilidades. Saiba quais são elas!

Ter segurança na fala

Um palestrante tímido pode usar a oratória para aprender a falar em público. Para vencer essa dificuldade, simular uma palestra e gravá-la pode ajudar bastante o profissional inseguro.

Entender os sinais da plateia

O palestrante também deve saber interpretar o comportamento da plateia por meio de alguns sinais, como conversa paralela e desvio de olhares.

Tanto um curso para palestrante quanto a experiência podem ajudar o profissional a identificar esses indícios e a tomar atitudes para conduzir o público conforme o objetivo da apresentação — e é claro que o curso faz o palestrante chegar a um nível de excelência mais rápido.

O impacto das pausas

Já falamos sobre o impacto das pausas aqui no blog. Elas diminuem as chances de que uma palestra seja monótona e cansativa.

Se bem executadas, elas ainda transmitem segurança em relação ao assunto. Tudo isso e muito mais será visto em um curso direcionado para sua carreira de palestrante.

Ebook IDENTIDADE VISUAL: COMO ISSO INFLUENCIA EM SUAS APRESENTAÇÕES?Powered by Rock Convert

Interação com o público

No fim das contas, atingir o público é o grande interesse por trás de uma palestra. De nada adianta dominar o conteúdo sem conseguir reter a atenção da plateia.

Como fazer isso? Existem truques como intervalos, perguntas, storytelling e outros. São técnicas como essas que você aprenderá no curso para palestrante.

Gatilhos mentais geram empatia

Todas as habilidades de um palestrante nível master encaminham para o grand finale: gerar empatia no público. Pode ser após um comentário, uma interação, uma pausa. Existem algumas formas de facilitar certos gatilhos mentais

O gatilho é exatamente quando aquela “chavinha” vira na cabeça da pessoa. Em outras palavras, é uma técnica que estimula a tomada de decisões. Aprender a fazer isso requer dedicação e bom direcionamento. 

Aqui na Smartalk, por exemplo, acreditamos no poder de transformação de apresentações de impacto e te ajudamos a construí-las. Ficou interessado em nosso trabalho? Não deixe de entrar em contato!

Contar histórias e emocionar

Mesmo em palestras técnicas, o palestrante deve aprender a contar histórias para ilustrar situações ou mesmo gerar emoção e engajamento no público.

Muitas vezes, passado certo tempo, a plateia guarda na mente justamente a história usada como exemplo. Um curso para palestrante pode ajudar (e muito) o profissional a saber como contar histórias — algo que embora possa parecer fácil, requer o domínio de várias técnicas de narração para saber a hora certa de chegar ao clímax.

Entender do negócio de palestras

Um curso para palestrante ajuda muito quem não entende do ramo e não sabe se posicionar no mercado. Há profissionais que não sabem, por exemplo:

  • que tipo de conteúdo apresentar;
  • onde oferecer os seus serviços;
  • como vender a sua mão de obra;
  • quanto cobrar pelo seu trabalho;
  • entre outas questões.

Há, ainda, aqueles que não conhecem o que é necessário para fazer uma boa palestra — como identificar as imagens corretas ou a estrutura ideal para uma apresentação com vídeos, por exemplo — nem qual é o melhor ambiente — com um palco bem localizado e a climatização certa.

A necessidade de um mentor

Para chegar ao sucesso, nada melhor do que contar com o auxílio de quem já alcançou esse patamar.

Logo, dispor da ajuda de um mentor para ensinar a ser um ótimo palestrante pode encurtar distâncias no mundo corporativo. Ele pode ajudar bastante na hora de avaliar a apresentação e dar sugestões de melhorias.

Como acelerar a aprendizagem

Os pioneiros no mercado de palestras no Brasil tiveram que aprender no exterior ou corrigir os erros e se aperfeiçoar por conta própria. Hoje em dia, quem quer ingressar nessa carreira pode fazer um curso para palestrante e diminuir a chamada curva de aprendizagem.

Conhecer os principais erros e acertos em palestras ajuda o aprendiz a se desenvolver mais rápido. Por exemplo: vícios de linguagem, como repetir várias vezes os termos “né?” e “entende?”, devem ser evitados.

Sendo assim, o curso para palestrante pode fazer com que o aluno perceba com mais clareza e rapidez os erros que estão presentes no seu dia a dia.

Se você ainda não entrou para o ramo de palestras ou já está nessa área, mas quer se aperfeiçoar, o curso para palestrante pode ser uma ótima opção de aprendizado.

Um treinamento desse tipo pode ser o divisor de águas entre um palestrante comum e um profissional requisitado pelo mercado.

Afinal, a capacitação pode mostrar desde o nicho de mercado e o estilo de roupa que o palestrante deverá seguir até a forma de se portar no palco, além das técnicas de apresentação — detalhes que fazem toda a diferença.

Conteúdo, design e performance: o segredo do sucesso

Até aqui, vimos que ser palestrante vai muito além de um aspecto isolado. Não se trata de um dom, mas de um conjunto de habilidades desenvolvidas. 

Acreditamos que a união de um bom conteúdo, uma apresentação com design bem-feito e uma performance bem trabalhada é o segredo para apresentações de sucesso. Não é tarefa fácil, mas existem profissionais dedicados ao tema, como nós da Smartalk!

Aprenda com quem entende de performance

A Smartalk oferece o CDP (conteúdo, design e performance), trabalho que engloba narrativa, layout de apresentações e treinamentos para performance.

Este último aspecto se refere à consultoria que temos para garantir o melhor desempenho em sua apresentação, seja em uma sala para poucos executivos ou em uma plateia para milhares de pessoas.

Nosso serviço de performance consiste em duas etapas: as instruções e a prática. Os cursos são feitos presencialmente, olho no olho, para que possamos te ensinar da forma mais confortável e eficaz como aplicar as melhores técnicas.

No primeiro caso, você aprenderá tudo o que está por trás das melhores práticas e técnicas de comunicação verbal e não verbal. Vamos mostrar como você pode passar a sua informação da forma mais assertiva, tendo em vista os padrões e comportamentos do seu público.

Em um segundo momento, vamos te ajudar a fazer o que mais importa: testar. Desde o ritmo da fala, a postura, o domínio do ambiente à sua volta e todos os recursos disponíveis — tudo o que está ao seu redor é uma potencial arma para o sucesso de sua apresentação.

Destruímos mitos infundados e fortalecemos tudo o que possa te ajudar a ter a melhor performance. Nosso objetivo é que você se apresente de forma mais confiante e que tenha à sua disposição todas as boas práticas para o sucesso de sua desenvoltura.

Sabemos que este pode ser um grande pontapé para impulsionar os resultados do seu negócio. Um curso para palestrante pode realmente te ajudar a dominar o momento e conquistar novos mercados.

Confira o depoimento do palestrante e CDO da L’Oreal, Andrea Iorio:

Para te apoiar nesse processo, confira nosso guia definitivo para apresentações de alto impacto

Vai sair de mãos vazias?

Baixe o nosso Guia de Apresentação de Impacto

E veja na prática como criar apresentações impactantes que vão surpreender o seu público!
BAIXAR AGORA
close-link