1

Razões para difundir uma segunda língua na empresa

12 minutos para ler
admin
Por Marketing

Com o aumento da globalização e com os avanços tecnológicos, a cada dia parecemos viver em um mundo sem fronteiras. Se os nossos avós precisavam esperar meses para saber de uma notícia ocorrida em outros países, hoje, não importa aonde estamos, temos acesso a tudo, quase que simultaneamente!

No mundo dos negócios, pensar local já pode ser considerado com pensar pequeno. Com o desenvolvimento de novas tecnologias, com a urbanização, com as trocas internacionais, com o turismo e com o aumento de viagens de negócios, há o surgimento de cidades multiculturais.

Dessa forma, há também uma demanda maior por línguas nos ambientes de trabalho. Se antes saber uma segunda língua era um grande diferencial para as pessoas conquistarem vagas em grandes empresas, atualmente saber falar outra língua, especialmente o inglês, é praticamente uma exigência das companhias. O inglês se tornou a língua universal dos negócios, sendo essencial para qualquer corporação.

Quer entender o porquê da sua empresa precisar difundir uma segunda língua? Aprenda as vantagens e como tornar a sua empresa bilíngue!

Por que o inglês se tornou a língua universal

O inglês é apenas o terceiro idioma mais falado no mundo — atrás do mandarim e do espanhol —, mas mesmo assim é considerado uma linguagem universal. Esse idioma se tornou parte vital da sociedade, da cultura e da economia internacionais.

Hoje, é utilizado para a comunicação entre unidades políticas e econômicas em todos os processos de interação do cenário mundial. Além de ser o primeiro idioma oficial da ONU (Organização das Nações Unidas), ele é o idioma oficial de instituições como ASEAN (Associação dos Países do Leste Asiático), União Africana, OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), União Européia e aparece na lista de idiomas de outros, como do Mercosul.

Empresas e comércio internacionais possuem a necessidade de se comunicar globalmente, pelo menos em um nível verbal ou escrito. Uma linguagem comum dá às pessoas a ilusão de se exprimirem efetivamente e de dividirem o mesmo contexto e a mesma interpretação, ainda que não seja o caso.

O status do inglês como o idioma dos negócios foi, historicamente, determinado pelo poder colonial, econômico e tecnológico dos países de língua inglesa nos últimos séculos. Até a China, que possui maior poder econômico hoje, tem mais interesse em ensinar os seus milhões de habitantes a falar inglês, do que avançar o mandarim como a linguagem global.

Qual a importância de difundir outro idioma dentro das empresas

Como vimos, o inglês se tornou uma língua essencial para a comunicação a nível global. Portanto, se você não pensa apenas local e quer ter uma empresa que ultrapasse os limites territoriais do seu país, ela precisa saber a linguagem universal dos negócios.

Além disso, conhecer o mercado mundial e entender as tendências globais são um norte para gerenciar uma empresa. O conhecimento do mercado internacional é fundamental para os funcionários também, que podem aprender o que dá certo em um mercado mais amplo e aplicar no seu dia a dia.

Muitas empresas são filiais ou parceiras de outras empresas maiores do exterior. Para garantir uma comunicação perfeita entre cada setor com a matriz ou para tirar um aprendizado com um parceiro ou investidor de fora do país, é necessário saber a língua dessa empresa para garantir clareza nas trocas de informações.

O número de empresas que tem se internacionalizado vem crescendo a cada ano. A comunicação interna de uma companhia está atrelada à sua cultura organizacional e ela carrega traços significativos da comunicação nacional.

A relação do empregado com a empresa se se dá em um ambiente cultural e cada um que está inserido nela age e interage de acordo com os valores, símbolos e normas pertencentes a essas organizações e à sociedade da qual fazem parte. O conhecimento linguístico é um passo para a adaptação de cada um que faz parte desse ambiente, a fim de que possam se inserir na cultura da empresa.

Difundir uma segunda língua na sua corporação será um benéfico não apenas para a comunicação internacional, mas para a cultura da empresa e para a sua relação com parceiros e investidores internacionais. Ela será de grande benefício para os seus funcionários, que estimularão aprendizado e desenvolverão novas habilidades e para qualquer plano de expansão para os seus negócios, uma vez que a empresa estará pronta para se inserir em novos mercados. No próximo capítulo, destacaremos as maiores vantagens de se tornar uma empresa bilíngue e as implicações que elas trarão.

Quais as vantagens de se tornar uma empresa bilíngue

Para os funcionários

Ter funcionários mais capazes e com uma gama rica de habilidades é tão bom para a sua empresa quanto para eles. Funcionários que falam mais de uma língua têm uma maior facilidade de prestar serviços a um mercado amplo, têm um senso mais aprofundado de relacionamento com clientes e entendem melhor os desejos e as necessidades de diferentes culturas.

Segundo o Business Language Services, profissionais que falam uma segunda língua ganham 10% a mais do que os profissionais fluentes em apenas um idioma. Além disso, mais de 50% das empresas ao redor do mundo usam idiomas como exigência em contratações.

O alto número de benefícios que os profissionais bilíngues trazem para o ambiente de trabalho dão uma vantagem competitiva enorme para eles. Sendo assim, esses profissionais são, geralmente, muito mais contratáveis! Além de terem portas abertas para receberem propostas para trabalhar em outros países.

Para relação com investidores

Empregar funcionários bilíngues abre portas para o crescimento da sua empresa ao redor do mundo e cria uma cartela de clientes muito mais ampla. Alguns dos maiores investidores e parceiros que as empresas nacionais podem conseguir são os estrangeiros. Ou seja, empresas que vem de um mercado muito mais amplo e rico e podem enriquecer grandemente a sua, com experiências, conhecimento de mercado e, claro, financiamento.

Para ter uma boa relação com esses investidores, é essencial que ambos falem a mesma língua. Esse investidor estará muito mais tranquilo de que está entrando em um bom negócio se puder se comunicar e entender todas as áreas da sua empresa. Por isso, é bom que não apenas os gestores falem uma segunda língua, mas todo o seu corpo de funcionários.

Financeiramente

Gestores e funcionários bilíngues trazem ao local de trabalho alguns benefícios que darão à empresa uma maior possibilidade de crescimento e de lucros. Eles têm uma perspectiva diferente das situações que enfrentam e uma visão diferenciada do mundo; possuem uma tolerância maior com outras pessoas, com outras culturas e com outros comportamentos; são excelentes comunicadores, são multitarefas e possuem habilidades analíticas mais bem desenvolvidas; sendo, ainda, mais versáteis, proativos e inteligentes.

Com gestores e funcionários assim, preparados para se envolver em um mercado global, buscar por novos conhecimentos e que possuem uma capacidade analítica bem desenvolvida, a probabilidade de crescimento da empresa é muito maior! Além de, como já mencionado, abre portas para o crescimento global e ajuda a ampliar a cartela de clientes, facilitando o alcance de novos investidores e de novos parceiros internacionais.

Se a empresa é multinacional ou pretende expandir as suas operações

Se a sua empresa é uma multinacional ou pretende expandir as suas operações internacionalmente, a implementação de uma segunda língua é obrigatória. Expandir ou atuar em outros mercados que não sejam locais, implica em comunicação, em sedes em outros países e em ter a sua cultura empresarial imposta em culturas diferentes.

Dessa forma, a necessidade de alinhar os processos em todas as sedes ou matrizes é fundamental e isso só pode ocorrer com uma comunicação bem-feita. Além disso, como já citado, se a sua equipe for bilíngue, facilitará a abertura de portas para a sua empresa em qualquer lugar que você pretenda alcançar.

O relacionamento com os parceiros e o conhecimento do mercado estrangeiro só pode ser alcançado com o conhecimento do idioma deles. Ao se investir internacionalmente, você estrá entrando em um novo mercado e tentando alcançar um novo público e nada mais certo do que toda a sua empresa conseguindo se comunicar nesse novo ambiente de forma precisa.

Como difundir outra língua na empresa

Você, provavelmente, já entendeu que a sua empresa precisa difundir uma segunda língua e já viu o quão benéfico isso será, tanto para o seu negócio quanto para os seus funcionários. Nesse capítulo, você verá como difundir esse outro idioma.

Ofereça aulas de inglês para os seus funcionários

Como vimos, o inglês é linguagem universal dos negócios e, nada mais justo do que oferecer a todo o seu staff um conhecimento desse idioma. Oferecer aulas cria um vínculo mais forte do funcionário com a empresa, que verá que você está investindo nele.

As aulas em equipe com os seus companheiros de trabalho pode ser um incentivo a mais para eles desenvolverem e treinarem entre si o que têm aprendido.

Contrate um bom professor particular, preferencialmente estrangeiro, o que obrigará a sua equipe a fazer um esforço maior para se comunicar com ele. Ou então faça parceria com alguma escola de inglês que possa ceder ou indicar professores.

As aulas internas facilitam a vida dos funcionários que não precisam procurar por um bom professor ou por uma boa escola e ainda economizam no deslocamento. Como as aulas já acontecem no ambiente de trabalho, encorajará os funcionários que talvez não quisessem fazer aulas pelo preço ou por ser fora de mão.

Disponibilize materiais

Investir em materiais para os funcionários é outra forma de demonstrar a eles como a sua empresa está investindo neles. Materiais de ensino facilitam o aprendizado e a memorização das matérias, além de possibilitar com que eles estudem fora do horário das aulas. Exercícios, leituras e áudios facilitam e incentivam os estudos da sua equipe.

Faça apresentações bilíngues

Uma boa apresentação, com um bom locutor, um bom visual e um excelente roteiro, conquistam qualquer público! Criar apresentações internas bilíngues, ou até mesmo para clientes e parceiros, pode incentivar e muito os funcionários a estudarem mais e a ampliarem os seus conhecimentos com termos técnicos e profissionais.

Elas são ótimas formas didáticas e podem facilitar a compreensão de muitos termos e de muitas aplicações que, às vezes, apenas com uma leitura não ficam muito claras. Como dissemos, uma boa apresentação conquista qualquer público, mas é necessário certificar de que nenhum elemento está de fora.

Ela está visualmente bonita? O roteiro é bom? O apresentador sabe se comunicar bem?

Se você não está certo desses elementos, contrate uma empresa como a SmarTalk, que cuida da sua apresentação e ainda ajuda a preparar o apresentador para se comunicar bem frente ao público. Lembre-se que um detalhe pode atrapalhar o conjunto de uma obra bem feita.

A nossa empresa cuida do conteúdo, do roteiro, do design, da animação e do coaching para o apresentador. Um trabalho de impacto que está mudando o dia a dia de muitos!

Contrate estrangeiros

Contar com funcionário estrangeiros é uma excelente forma de difundir o bilinguismo na empresa. Além de forçar os outros funcionários a se comunicarem com ele e a praticar outra língua no dia a dia, ele traz uma difusão cultural para a empresa.

Isso faz com que gestores e colaboradores aprendam uma nova cultura e extraiam coisas positivas para a própria empresa. Ter um colaborador estrangeiro ainda facilita o conhecimento de uma cultura que a sua empresa pode ter a intenção de investir. Ele ajudaria nas comunicações, no conhecimento daquela cultura e do mercado onde a sua corporação pretende se inserir.

Muitos são os benefícios de ter uma cultura bilíngue em sua empresa. Para se adaptar a um mercado cada vez mais globalizado e multicultural, é preciso estar pronto para se comunicar bem e para ter conhecimento do mercado global.

Ter um segundo idioma atrelado à sua empresa traz benefícios incontáveis, tanto para a companhia quanto para os gestores e os funcionários da equipe. Investir na difusão de um segundo idioma, especialmente o inglês, não é apenas um investimento no seu staff, mas um investimento na sua empresa.

Quanto melhores e mais competentes são os seus funcionários, maiores as chances da sua empresa se dar bem tanto local, quanto internacionalmente. Não poupe esforços para capacitar os seus colaboradores, você colherá grandes frutos! Em um mundo com cada vez menos fronteiras, graças à globalização, não deixe que a comunicação seja uma fronteira para os seus negócios.